Referência no ataque do CSA, Ricardo Bueno chega a sete gols no Brasileirão

bueno 011119aContra o Corinthians, atacante marca seu quarto gol com a camisa do CSA. Ele já tinha marcado três defendendo o Ceará

Vice artilheiro do CSA no Brasileirão, com quatro gols, empatado com Apodi, Ricardo Bueno tem sido o homem de referência no ataque do Azulão. Com a camisa azulina, ele balançou as redes do Palmeiras, do Avaí, do Botafogo e do Corinthians, na vitória por 2 a 1, nessa quarta-feira

- Eu não posso acomodar, tenho que tentar fazer cada vez mais, tenho que ajudar cada vez mais a equipe. Pude fazer mais um e principalmente com vitória. A entrega do grupo foi espetacular - disse Ricardo Bueno após o jogo contra o Corinthians.

No Brasileiro, Ricardo Bueno tem sete gols, sendo três pelo Ceará. Apesar de ter chegado com status de goleador, Bueno demorou a balançar as redes pelo CSA.

- Quando eu cheguei aqui, tive um pouco de dificuldade. Peguei uma virose, fiquei alguns jogos fora e quando voltei, não voltei bem, tive que esperar um pouco no banco, tava sem força ainda. Trabalhamos e conseguimos. Assim como outros jogadores também não estavam fazendo gols. O Jonatan Gomez só deslanchou depois, assim como o Apodi também. Estamos em uma crescente e no momento certo do campeonato.

O início da competição para o CSA não foi nada bom. A equipe demorou a pegar no tranco. A chegada do técnico Argel Fucks deu uma nova cara ao time, mas a campanha ruim no primeiro turno deixou o caminho mais difícil para essa reta final. Experiente, Bueno comentou sobre o desgaste da equipe neste momento do campeonato.

- Temos que ser realistas, a parte física caiu um pouco. Tivemos um jogo muito desgastante contra o Flamengo, teve a viagem, o jogo lá foi à noite, então não tivemos muito tempo pra recuperar. Não foi fácil - disse Bueno.

Nas próximas rodadas, o CSA fará dois jogos fora de casa. No domingo enfrenta o Athletico-PR, na Arena da Baixada. Depois, na quinta, encara o Grêmio, em Porto Alegre.

Fonte: globoesporte.globo.com