Peso da ausência: Inter não tem vitória sem Patrick no Brasileirão e tenta se reinventar contra Vasco

patrick 120221Após derrota para o Sport, Colorado busca retomada para seguir em vantagem na liderança do Brasileirão no duelo deste domingo, em São Januário

O Inter depende de um fato inédito em São Januário neste domingo, às 16h, contra o Vasco. Para voltar a vencer e evitar qualquer chance de perder a liderança antes do duelo direto com o Flamengo, precisará encontrar um novo caminho. O líder tenta a sua primeira vitória no Campeonato Brasileiro sem Patrick.

O volante é desfalque na 36ª rodada após ter recebido o terceiro cartão amarelo na derrota por 2 a 1 para o Sport, na última quarta-feira, no Beira-Rio. E o retrospecto grita por si só o tamanho de sua ausência para a equipe de Abel Braga.

Treinadores e jogadores, via de regra, citam a força coletiva e evitam individualizar virtudes e defeitos de suas equipes. Mas o fator Patrick pesa para o Inter.

O volante esteve em 31 das 35 partidas disputadas pelo Colorado no Brasileirão. E é o único jogador de linha que esteve em campo nas 19 vitórias na competição.

Com Patrick, o Inter tem 71,4% de aproveitamento em 31 rodadas. Sem o Pantera Negra, o número desaba para míseros 8% de aproveitamento, com apenas um ponto somado e três derrotas em quatro jogos.

Não à toa, o volante só foi preservado uma vez, na derrota por 1 a 0 para o Goiás, na 10ª rodada. Todas as outras ausências foram motivadas por questões médicas ou físicas.

 patrick 120221a

Foi assim no empate em 1 a 1 com o São Paulo, na 12ª rodada, após um problema muscular. E também nas derrotas para Santos, na Vila Belmiro, e Fluminense, no Beira-Rio, na 21ª e na 22ª rodadas respectivamente. Patrick havia contraído Covid-19 e apresentado uma lesão muscular.

Um dos líderes e capitães do elenco, Edenílson não esconde o tamanho da ausência de Patrick contra o Vasco. Em entrevista coletiva após a derrota para o Sport, o volante chegou a questionar o cartão amarelo aplicado por simulação.

– Foi um lance estranho. Não lembro a última vez que um árbitro deu cartão por simulação. Ainda mais com VAR. É uma perda grande. Jogador de extrema qualidade. Tenho certeza que o Abel está pensando nisso. O Vasco também tem suas pretensões – diz Edenílson.

> Os jogos do Inter sem Patrick:

10ª rodada - Goiás 1 x 0 Inter
12ª rodada - Inter 1 x 1 São Paulo
21ª rodada - Santos 2 x 0 Inter
22ª rodada - Inter 1 x 2 Fluminense

As opções

O substituto de Patrick neste domingo é sinônimo de mistério e dilema para Abel Braga. O treinador começa a definir a equipe no treino desta sexta-feira, no CT do Parque Gigante.

Peglow desponta como favorito à vaga. O garoto já entrou na vaga de Patrick em partidas anteriores, inclusive contra o Sport.

Mas a vaga tem vários candidatos na disputa. Marcos Guilherme – que atua habitualmente pela direita – também é opção. Assim como Maurício, meia que já substituiu Patrick e foi titular na derrota por 2 a 1 para o Fluminense.

Nonato costuma atuar em função mais centralizada com Abel, mas também pode ser escalado no lugar de Patrick, com característica de menor intensidade. Até mesmo Thiago Galhardo tem chance de voltar ao time titular, embora remota.

O Inter enfrenta o Vasco neste domingo, às 16h, em São Januário, pela 35ª rodada do Brasileirão e tenta vencer pela primeira vez sem Patrick para se manter na liderança. O Colorado é líder com 66 pontos – um a mais que o vice-líder Flamengo.

fonte: globoesporte.globo.com