Maidana reconhece crescimento defensivo do Atlético-MG e revela inspiração em Réver e Léo Silva

maidana 150219Zagueiro do Galo exalta contratações para o setor defensivo e cita importância de dupla campeã da Libertadores em 2013 para crescimento dele na carreira

A dupla de zaga titular do Atlético-MG em 2019 tem sido formada por Réver e Igor Rabello, dois reforços contratados para a atual temporada. Léo Silva e Maidana tem sido os substitutos imediatos, sendo que o segundo foi o escolhido por Levir Culpi quando um dos integrantes da defesa titular não esteve disponível.

O investimento da diretoria atleticana no sistema defensivo foi alto, muito em função do alto número de gols sofridos pela equipe em 2018, principalmente no segundo turno do Campeonato Brasileiro.

Maidana, que permaneceu e acabou perdendo espaço com as chegadas de Réver e Igor Rabello, prefere valorizar o bom nível dos defensores e se vê evoluindo. Neste ano, foram três oportunidades na equipe titular, sendo duas ao lado de Rabello e uma ao lado de Léo Silva.

- Quem veio tem muita qualidade, tanto o Réver quanto o Igor, então a gente tem que estar preparado, para quando for substituir, substituir à altura. É para isso que estou me preparando. Foram três jogos meus que considerei como bons, consegui evoluir bastante. Ano passado foi um ano de aprendizado para mim, o meu primeiro ano de Série A. Este ano eu estou mais à vontade. Essa questão dessa briga ali atrás é boa para o Atlético e, quando tiver mais oportunidades, vou aproveitar em alto nível – esclareceu o defensor.

Com apenas 23 anos, Maidana é um dos mais jovens do setor defensivo e tem ao seu lado algumas inspirações para a carreira, como Réver e Leonardo Silva. Os dois zagueiros, campeões da Libertadores em 2013 pelo Galo, são referências para Maidana amadurecer e melhorar cada dia mais.

- Até pelo investimento alto que teve, a gente sabe que a gente precisa demonstrar todo esse valor que foi pago. Converso sempre com o Igor e o Réver, e eles também estão focados para isso. Eu me cobrava bastante nessa questão da defesa, de não tomar muitos gols. Isso atrapalha muito. A chegada deles também é para ter um pouco mais de experiência. Ano passado inteiro falei de 2013, do Réver e do Léo, e agora ter essa oportunidade de estar com os dois juntos, é importante para a sequência da minha carreira. A gente tem que dar conta. Estamos no Atlético e temos que mostrar porque estamos aqui e todos sabem que têm qualidade para estar aqui – completou.

Maidana deverá ser titular do Galo neste sábado, contra o Tupi-MG, às 19h (de Brasília), no Independência. O provável Atlético-MG deverá ter: Cleiton, Guga, Leonardo Silva, Maidana e Carlos César; Zé Welison e Lucas Cândido; David Terans, Vina e Maicon Bolt; Alerrandro.