CSA entrega camisa especial e dá apoio a Celsinho, do Londrina, na luta contra o racismo: "Que esses casos sejam punidos"

Antes da partida deste sábado, jogador recebeu também uma carta do goleiro Thiago Rodrigues

celsinho200921O CSA fez uma ação especial neste sábado para prestar solidariedade ao meia Celsinho, do Londrina. Vítima de racismo em três jogos desta edição da Série B, o jogador recebeu uma camisa preta do time alagoano e também uma carta.

Antes do jogo, quem fez a entrega da camisa foi o goleiro Thiago Rodrigues, muito ativo na luta contra o preconceito racial. CSA e Londrina se enfrentam neste sábado à tarde, no Estádio do Café, pela 24ª rodada da Série B.

Na carta, em destaque, o clube disse que apoia Celsinho na luta contra os casos lamentáveis de racismo que ele enfrentou recentemente. O CSA, neste mês, também lançou a camisa de goleiros com um tema especial de combate ao racismo.

- Celsinho, tenha a certeza que o Centro Sportivo Alagoano e a Nação Azulina estão ao seu lado. Não há mais espaço para o racismo na sociedade. Lutamos para que esses tipos de casos sejam punidos da forma mais severa possível - destacou o CSA em trecho da carta.

O caso

No dia 28 de agosto, Celsinho denunciou que foi vítima de racismo após ser agredido verbalmente por um integrante do staff do Brusque, durante jogo em Santa Catarina. Depois, o clube catarinense emitiu nota negando que houve preconceito racial, foi muito criticado nas redes sociais e, em seguida, divulgou outra nota, desculpando-se com Celsinho.

- Eles têm a consciência de que erraram muito em relação à primeira nota. Dizem que eu tenho três vezes esse caso, como se eu fosse para o estádio para que me ofendessem e me xingassem. Eles tiveram que soltar uma segunda nota com pedido de desculpa, mas isso não muda o constrangimento, a dor, a decepção que passei pelas palavras ditas naquele jogo. Isso é desconfortante, revoltante - disse Celsinho, em entrevista ao ge/PR, no dia 31 de agosto.

Confira a carta na íntegra
"Como forma de apoio e para mostrar que você não está sozinho, te entregamos, com todo carinho, nosso novo manto de goleiros, que carrega #DigaNãoAoRacismo.

Essa luta é de todos nós e continuará sendo combatida diariamente. Resistiremos e continuaremos nessa jornada de transformação em busca de mais respeito e igualdade.

Sinta-se abraçado por todos que fazem o CSA e sua apaixonada torcida. Venceremos juntos essa batalha fora das quatro linhas".

Fonte GloboEsporte