Seleção FI do Paulistão dominada por São Bento, Botafogo e Palmeiras

celsinho 161117Apesar das derrotas, Ponte Preta e Ferroviária deram um 'cansaço' em Santos e Corinthians, respectivamente, mas os dois 'clubes grandes

Campinas, SP, 25 (AFI) - Como é de costume, o Futebol Interior elegeu nesta quinta-feira mais uma Seleção da Rodada, com os melhores jogadores da 3ª rodada do Campeonato Paulista da Série A1. Os dois melhores times da competição, São Bento e Palmeiras estão devidamente representados por Douglas Assis, Celsinho Marcelo Cordeiro, Jaíson e Thiago Santos.

Em sua primeira vitória na temporada, o Botafogo também conseguiu eleger dois jogadores para a Seleção: o lateral-direito Marcos Martins e o atacante Bruno Moraes, além do técnico Léo Condé. Os times do interior, inclusive, deram trabalho nesta. Apesar das derrotas, Ponte Preta e Ferroviária deram um 'cansaço' em Santos e Corinthians, respectivamente, mas os dois 'clubes grandes' venceram por 2 a 1.

Confira a seleção FI da terceira rodada:
Goleiro: Jaílson (Palmeiras)
Jailson tem agarrado todas as chances que são dadas a ele no Palmeiras. Foi assim em 2016, quando conquistou o título brasileiro e está ocorrendo novamente na atual temporada. Ganhou a concorrência com Fernando Prass e Weverton, e tem brilhado. Contra o Red Bull, fez grandes defesas, além de ter segurado um pênalti, batido por Rodrigo Andrade.

_____________________________________________________________________________

Lateral-direito: Marcos Martins (Botafogo)
Foi a válvula de escape do Botafogo pelo lado direito. Aos 18 minutos do primeiro tempo, deu um cruzamento perfeito para Bruno Moraes abrir o placar no Santa Cruz. Marcos Martins também ajudou na marcação e, como ainda não está na sua melhor condição física, sentiu o cansaço, sendo substituído na etapa final.

_____________________________________________________________________________

Zagueiro: Douglas Assis (São Bento)
O São Bento venceu mais uma partida e segue sem tomar nenhum gol no Campeonato Paulista. A melhor defesa da competição se deve a um bom esquema armado pelo técnico Paulo Roberto Santos, mas também pelas atuações individuais de destaque. Nesta rodada, Douglas Assis foi um dos grandes nomes da vitória por 1 a 0 e ajudou a segurar o ataque do Bragantino.

_____________________________________________________________________________

Zagueiro: Balbuena (Corinthians)
Em um dos jogos mais complicados para o Corinthians até aqui, o zagueiro Balbuena conseguiu mostrar o porque terminou a última temporada como um dos melhores jogadores do Brasil no setor. Fechou as melhores jogadas da Ferroviária e ainda apareceu com oportunismo para empatar o jogo, aos dois minutos do segundo tempo, de cabeça. Mais tarde, viu Clayson completar a virada no Pacaembu.

_____________________________________________________________________________

Lateral-Esquerdo: Marcelo Cordeiro (São Bento)
O experiente lateral tem sido peça importante no esquema do São Bento e se destacou novamente nessa rodada. Na vitória por 1 a 0 sobre o Bragantino, fora de casa, o lateral-esquerdo comandou a equipe e organizou o setor defensivo, funcionando ainda como uma válvula de escape para a saída de bola pelo lado esquerdo.
_____________________________________________________________________________

Volante: Thiago Santos (Palmeiras)
Thiago Santos viveu seu dia de artilheiro no Palmeiras. O jogador, que completou 99 partidas com a camisa alviverde, fez os dois gols da vitória diante do Red Bull Brasil por 2 a 1. Se não bastasse, foi o pivô da expulsão de Rodrigo Andrade, que deixou o Toro Loko com um jogador a menos.

_____________________________________________________________________________

Volante: Petros (São Paulo)
O 'cérebro' do São Paulo em Mirassol. Mesmo sem o mesmo talento, conseguiu organizar o meio campo do time de forma muito semelhante ao que Hernanes fazia na última temporada. Trabalhou a posse de bola e jogou de forma inteligente, criando as principais oportunidades do primeiro tempo. Não estava em campo quando Diego Souza e Marcos Guilherme decretaram a vitória, porque o técnico Dorival Júnior preferiu poupá-lo para o clássico de sábado com o Corinthians.

_____________________________________________________________________________

Volante: Régis (São Caetano)
Jogando na casa do Linense, o São Caetano precisou de toda a disposição de Régis para segurar os adversários e ter uma vida mais tranquiila no meio de campo. Bem posicionado defensivamente, o volante ainda apareceu como elemento surpresa para marcar o primeiro gol da vitória por 2 a 0.
_____________________________________________________________________________
Meia: Celsinho (São Bento)

Finalmente mostrou ao torcedor do São Bento o porque de ser a principal contratação da diretoria para a temporada. Foi o 'motorzinho' do Azulão e criou duas chances reais do time abrir o placar fora de casa. Na primeira, Régis desperdiçou frente a frente com o goleiro. Na segunda, Lúcio Flávio não perdoou e decretou a vitória por 1 a 0 diante do Bragantino.

_____________________________________________________________________________

Meia: Vecchio (Santos)
Vecchio tem sido peça importante no esquema tático de Jair Ventura. O meia vem fazendo a função que era desempenhado por Lucas Lima e não tem feito feio. Voltou a brilhar ao dar assistência primorosa para Rodrygo marcar o gol da vitória frente à Ponte Preta.

_____________________________________________________________________________

Atacante: Bruno Moraes (Botafogo)
Depois de passar em branco contra o Palmeiras, Bruno Moraes finalmente desencantou com a camisa tricolor na última quarta-feira. E foi cheio de estilo. Na vitória sobre o Novorizontino, o atacante marcou dois gols. O primeiro foi de oportunismo após bom cruzamento de Marcos Martins e, nos minutos finais, fechou o caixão ao bater de virada dentro da área.

_____________________________________________________________________________

Técnico: Léo Condé (Botafogo)

Conseguiu uma importantíssima vitória com o Botafogo no estádio Santa Cruz. Dodô e Bruno Moraes, duas vezes decretaram a primeira vitória na competição, em cima do Novorizontino. O tão aguardado resultado foi importante para colocar o time de Ribeirão Preto na briga por uma vaga na próxima fase pelo Grupo D. O time que está há dez anos na elite já vê em Léo Condé um trabalho consistente e que deve colher frutos nos próximos meses.