No Santa Cruz, Leston Júnior se anima com polivalência de Guilherme Queiroz

queiroz 230119Na visão do treinador, atacante pode jogar centralizado e no meio de campo, aproximado do camisa 9

Guilherme Queiroz não foi regularizado pelo Santa Cruz. Mas o técnico Leston Júnior já faz planos de como utilizá-lo. O jogador, que estava no Juventude, em 2018, tem características que empolgam o treinador. Leston vê o atleta fazer duas funções. Guilherme pode ser centroavante, disputando posição com Pipico e Neto Costa. E, na visão de Leston, consegue atuar por trás do camisa 9.

- Ele dá muita possibilidade porque é técnico, tem capacidade de movimentação, de finalização. Joga como centroavante, mas joga por trás do camisa 9 e acumulou isso ao longo da carreira. A gente já buscava essa característica para que, na sequência, a gente tenha características e boas valências independente de nomes - disse o treinador.

Durante a carreira, Guilherme Queiroz jogou como centroavante e atuou dos lados do campo - principalmente no esquerdo. Essa posição hoje é ocupada pelo prata da casa Elias, de 19 anos.

No Juventude, Guilherme fez 36 jogos - foram 20 como titular - e marcou oito gols. Teve um ótimo início de ano, quando foi o vice-artilheiro do Campeonato Gaúcho, com seis, mas depois caiu de produção. Guilherme passou por clubes como Mirassol-SP, Novorizontino-SP, Juventude, Portuguesa, Figueirense, Paraná e São Bento-SP.

Em 2015, pela Portuguesa, foi artilheiro da Série C, com 12 gols. Em 2017, pela mesma equipe, fez 14 na Copa Paulista, em 19 jogos.