Carrasco do São Paulo na base, Matheus Vargas reencontra o Tricolor na estreia do Paulistão 2017

Meia do Audax tem média de um gol por jogo contra o rival da estreia deste domingo no Campeonato Paulista; jogador quase atuou pelo clube do Morumbi em 2014
 
Cria da base do Audax, o meia Matheus Vargas está à disposição para a partida contra o São Paulo, neste domingo (5), na estreia do clube no Paulistão 2017. Além de realizar seu primeiro jogo profissional com o time de Osasco, o jogador de 20 anos tem tudo para ser um importante amuleto contra o Tricolor. É o que mostra o retrospecto do meio-campista contra o rival.
 
O jogador tem média de um gol por jogo quando o adversário é o clube do Morumbi. Na carreira, Matheus enfrentou o São Paulo em três jogos oficiais nas categorias de base e anotou três tentos: passou em branco no primeiro duelo entre Osasco FC x São Paulo, mas no reencontro balançou as redes duas vezes na vitória de 2 a 1 pelo Paulistão Sub-17 de 2013. Com a camisa do arquirrival Corinthians, ele também foi carrasco e deixou sua marca na sonora vitória por 3 a 0 na fase semifinal da Copinha 2015.
 
“Imagino que será uma excelente estreia, tanto minha como do time. A minha por ser meu primeiro jogo como profissional do Audax e a do time para poder confirmar a boa atuação do ano passado. Graças a Deus, sempre me dei bem contra o São Paulo, sempre com boas atuações, gols e assistências. Espero que seja da mesma maneira neste domingo”, contou o meia.
 
Matheus também revela que a meta do time é buscar repetir o feito da última temporada, quando o Audax surpreendeu os grandes clubes da capital e chegou à decisão contra o Santos.
 
“O time está focado para, se Deus quiser, chegar novamente na fase final. Ano passado o Audax fez grandes atuações e pretendemos seguir a mesma linha de pensamento, ter a mesma garra e nos inspirar naquela equipe para alcançar às finais do Paulista também em 2017”, garantiu.
 
Matheus, inclusive, quase vestiu a camisa do Tricolor. Em 2014, o Audax recusou proposta do clube pela compra de 50% dos direitos do atleta. Em seguida, o meio-campista foi emprestado ao Corinthians e, no mesmo ano, sagrou-se campeão Brasileiro Sub-20. Em 2015, levantou as taças da Copa São Paulo e Paulista Sub-20, e foi relacionado pelo técnico Tite para duas partidas da campanha do título nacional. À época, o Sporting Braga também fez sondagens sobre o jogador.
 
Na última temporada, o atleta do Audax disputou a Série B pelo Oeste, fruto de uma parceria entre os dois clubes que levou parte do elenco e o técnico Fernando Diniz de Osasco para Itápolis.
 
 
Rafael Alvarez
Assessoria de Imprensa – Think Ball & Sports Consulting