Brasileiros do Chennai City entram para a história do futebol indiano

Atacantes Charles e Marcos Tank marcaram os gols da primeira vitória do clube na história da I-League
 
No último sábado (28), o Chennai City conquistou sua primeira vitória na história da I-League, o Campeonato Indiano de futebol. O feito histórico veio dos pés de dois brasileiros, os atacantes Charles e Marcos Tank, recém-contratados pela equipe junto ao GDSC Alvarenga, equipe portuguesa. Ambos fizeram os gols do 2 a 0 sobre o Aizawl, pela quinta rodada da liga local.
 
Charles, que além de Portugal também atuou por Fluminense-RJ, Comercial-SP e Caxias-RS, revelou o alívio e a alegria de ter contribuído com o momento tão esperado pelos torcedores e diretoria do clube.
 
“Entramos para a história com a primeira vitória do Chennai City na I-League. Feliz demais, estávamos precisando, vínhamos de um empate em casa e três derrotas, estávamos com esse peso nas costas. Quatro jogos e apenas um gol marcado, então esses gols e o resultado foram muito importantes. Primeiramente feliz demais pela vitória e, claro, por ter contribuído com um gol”, disse o jogador de 22 anos, autor do segundo gol.
 
A vitória em casa, no Jawaharlal Stadium, foi muito comemorada dentro e fora do vestiário. Honrado com o feito, Marcos Tank, atacante que abriu caminho para o triunfo, revelou toda a euforia que tomou conta dos torcedores. E do clube
 
“Esse jogo foi maravilhoso para história do clube e estou muito feliz de fazer parte disso. Senti uma alegria imensa com esse resultado, a equipe, o Chennai City e a cidade precisavam dessa vitória, a cidade e as pessoas aqui estão eufóricas e muito felizes. Quase não consegui sair do estádio de tanta selfie, foto e autógrafo. Eles são amáveis, estou gostando muito do povo indiano. Deu pra ver nos olhos de cada um deles, do presidente ao faxineiro do clube, a alegria que eles sentiram. Estou me sentindo em casa”, contou Marcos Tank, 24 anos.
 
A dupla de ataque do Chennai City chegou junta após atuar com a camisa do GDSC Alvarenga, equipe que disputa a Liga Safina, campeonato distrital em Portugal. Ambos sonham em chegar a Champions League asiática com o clube indiano e dar saltos ainda maiores na carreira.
 
“Meu objetivo é fazer uma boa campanha aqui, se possível ser campeão para jogar a Champions League asiática. Se não for possível, quero desfrutar o máximo aqui e dar tudo de mim para colocar meu nome nesse mercado asiático”, revelou Charles.
 
“Gostaria de poder chegar a níveis maiores, chegar a um clube de expressão. O mercado da bola é isso. Tenho grandes ambições, meu maior sonho hoje é poder jogar uma Liga dos Campeões da Ásia e um dia, se Deus quiser, estar numa Champions League. Tudo no momento certo, o futebol acontecem as coisas muito rápidas. Agradeço a oportunidade que recebi do Chennai, eles acreditaram em mim e acredito muito neles”, finalizou Tank.
 
A primeira vitória do Chennai City fez o time chegar a quatro pontos e alcançar o nono lugar após cinco rodadas na I-League, competição de 16 jornadas. A próxima partida do clube é nesta terça-feira, 31, contra o quinto colocado Lajong.
 
 
Rafael Alvarez
Assessoria de Imprensa – Think Ball & Sports Consulting