Jadson e Léo Principe comparecem à inauguração de projeto social

jadson 101017aApós participarem do treinamento do Corinthians pela manhã, Jadson e Léo Príncipe compareceram a inauguração do projeto social Panorama +Q11, localizado na comunidade do Jardim Panorama, na Zona Sul da capital paulista.

O programa conta com a colaboração da Think Ball & Sports Consulting, empresa que agência a carreira da dupla corinthiana, além do apoio do clube GDSC Alvarenga, de Portugal.

Com o intuito de concretizar o sonho das crianças de se tornarem jogadores de futebol, o projeto é desenvolvido em um campo de campo sintético dentro da comunidade do Jardim Panorama. Inicialmente o Panorama +Q11 atenderá mais de 100 crianças, faixa etária de 12 a 16 anos, que participarão de campeonatos e amistosos para que possam ter uma maior troca esportiva entre os jovens e também uma oportunidade de serem observados e captados por clubes.

 

Atual camisa 10 do Corinthians, o meia Jadson se mostrou satisfeito com a chance deste encontro com os jovens do projeto. “O projeto é uma iniciativa muito bacana. Esse contato com a garotada, que muitas delas têm o sonho de conhecer o jogador e vir aqui dar um pouco de atenção e um pouco de carinho é muito importante para eles, assim como foi para mim quando era mais novo”, declarou.

Autor de quatro gols nesta edição do Campeonato Brasileiro, o atleta ainda relembra da importância deste contato do jovem com os ídolos. “Meu pai tinha uma ligação com o futebol amador de Londrina, assim convivi bastante no meio. Sempre quando o Londrina jogava na cidade nós tentávamos ir e ter o contato com algum jogador. Sé de vê-lo passar dentro do ônibus já era bacana. Então eu sei que estas crianças sonham em conhecer um jogador profissional, por isso eu gosto de participar deste tipo de evento”, complementou.

Cria da base do Corinthians, o lateral direto Léo Príncipe também avaliou como positiva a relação com os jovens. “É uma sensação muito boa poder ajudar as crianças. Só de ter este contato rápido com elas já dá pra ver a alegrias que trazemos para elas. E isso e muito importante, tanto para gente quanto para elas”, afirmou.

As aulas e treinamentos serão realizados todas as segundas, quartas e sextas-feiras, das 15h às 17h (de Brasília). Para que o jovem tenha acesso às atividades do projeto é necessário uma boa frequência escolar, além do exame médico, atestado de escolaridade e documento com foto da criança e responsável.