Douglas Ozias na seleção da rodada do Paulista Série A2

Técnico líder e dupla do Água Santa comandam a Seleção FI da 16ª rodada da Série A2
Jorginho, Ivan e Raphel Toledo foram os destaques da rodada, que ainda conta com outros craques para fechar a seleção

Campinas, SP, 10 (AFI) - O término da 16ª rodada da Série A2 do Campeonato Paulista trouxe mudanças na tabela. Na parte de cima, o São Caetano empatou com o Barretos e viu o Água Santa assumir a liderança ao vencer o Rio Preto por 4 a 0. Na briga contra a degola, o Oeste venceu e colocou o XV de Piracicaba no Z6. Depois de dez jogos, o Portal Futebol Interior avaliou os melhores jogadores para montar a seleção da rodada.

Os destaques ficam por conta do goleiro Ricardo Berna, da Portuguesa, que salvou o time de uma derrota para o Guarani em Campinas, e do meia Raphael Toledo, principal jogador do Água Santa até aqui. Na vitória sobre o Rio Preto, ditou o ritmo do time e ainda deixou sua marca para carimbar mais uma boa partida.

Jorginho, técnico do Água Santa, é o responsável por comandar o esquadrão que vem montado no 4-3-3. O treinador monta o Netuno com um esquema ofensivo, e mostra que vem forte para brigar pelo acesso à elite do futebol paulista.

Confira a Seleção Futebol Interior da 16ª rodada da Série A2:

Ricardo Berna (Portuguesa);

Ivan (Água Santa), Douglas (Capivariano), Marcelo Godri (Votuporanguense) e Rafael Rosa (Taubaté);

Lídio (Oeste), Raphael Toledo (Água Santa) e Adriano Paulista (Bragantino);

Felipe Silva (Sertãozinho), Flávio Carioca (Velo Clube) e Léo Ribeiro (Juventus);

Técnico: Jorginho.

Goleiro: Ricardo Berna (Portuguesa)
Não é a primeira vez que Berna aparece na seleção, mas o goleiro está pegando tudo. No empate em 1 a 1 contra o Guarani, o camisa 1 da Portguesa fechou o gol. Buscou duas faltas cobradas no ângulo por Fumagalli, além de fazer outras três boas defesas durante a partida. Não pode fazer nada no pênalti cobrado por Fumagalli, já nos acréscimos do segundo tempo. Mas se não fosse Ricardo Berna, a Portuguesa teria voltado para a capital sem nenhum ponto.

Lateral-direito: Ivan (Água Santa)
Defensivamente, foi um dos melhores do Água Santa, que não teve trabalhos para golear o Rio Preto por 4 a 0. Chegou várias vezes ao setor ofensivo e, quando precisou, desarmou os adversários com segurança.

Zagueiro: Douglas (Capivariano)
O defensor do Leão começou a partida bastante ligado e querendo jogo. Logo aos 4 minutos, o defensor se lançou ao ataque, aproveitou um vacilo da defesa do Penapolense e abriu o placar da partida. Confiante, Douglas seguiu muito seguro durante os 90 minutos e não deixou os adversários chegarem com perigo.

Zagueiro: Marcelo Godri (Votuporanguense)
Seguro, neutralizou as jogadas ofensivas do XV de Piracicaba, que se mostrou pouco criativo durante a partida. Não deu espaço para o adversário chegar com perigo, ajudando o Votuporanguense a levar um ponto para casa.

Lateral-esquerdo: Rafael Rosa (Taubaté)
Jogando improvisado pelo lado esquerdo, o meia Rafael Rosa vem dando conta do recado. Não tem deixado espaços no setor defensivo, e mostra bastante versatilidade durante a partida, atacando bastante. Não sentiu a pressão de jogar em uma posição "desconhecida".

Volante: Lídio (Oeste)
Um dos grandes responsáveis por tirar o Oeste da zona de rebaixamento do Campeonato Paulista da Série A2, é o volante Lídio. Nesse domingo, o meio-campista foi o cão de guarda do Rubrão, na vitória por 2 a 0, sobre o Mogi Mirim. Além de não deixar os atacantes adversários chegaram com perigo ao gol de Rodolfo, Lídio abriu caminho para a vitória de seu time. Aos 22 minutos da segunda etapa, o volante aproveitou o bate rebate na área para abrir o placar.

Meia: Raphael Toledo (Água Santa)
Além de marcar um gol na fácil vitória contra o Rio Preto, por 4 a 0, Raphael Toledo foi o melhor jogador do Netuno em campo. Buscou o jogo, chegou bastante ao ataque e teve chances de marcar mais gols. É um dos homens de confiança do técnico Jorginho para ajudar o Água Santa a retornar à elite do futebol paulista.

Meia: Adriano Paulista (Bragantino)
O Massa Bruta não saiu de campo com os três pontos, mas o meia Adriano Paulista foi o melhor do time. Além de marcar o gol do empate em 1 a 1 contra o Taubaté, fora de casa, o meia não se escondeu, chamou a responsabilidade e foi o principal criador de oportunidades do Bragantino.


Atacante: Felipe Silva (Sertãozinho)
O Sertãozinho dominou todas as ações na partida contra o União Barbarense e Felipe Silva foi a referência de ataque da equipe em campo. Sempre bem posicionado, Felipe foi premiado com um gol logo no início da partida, que colocou o Touro dos Canaviais no caminho da vitória.

Atacante: Flávio Carioca (Velo Clube)
Marcou o gol salvador do Galo Vermelho aos 48 minutos do segundo tempo, garantindo a vitória por 3 a 2 contra o Batatais que tirou o Velo Clube da zona do rebaixamento. Se movimentou bastante e ainda contou com o oportunismo para fechar o placar já nos acréscimos da etapa final.

Atacante: Léo Ribeiro (Juventus)
O Juventus precisava da vitória contra o Rio Claro para manter vivo o sonho do acesso. E conseguiu aos 42 minutos do segundo tempo. Léo Ribeiro, símbolo de luta do time, avançou dentro da área e, mesmo após ser tocado, continuou de pé para marcar um belo gol com um chute certeiro no canto do goleiro adversário. O Moleque Travesso está três pontos atrás do Guarani, primeiro time do G4.

Técnico: Jorginho (Água Santa)
Líder da Série A2, o Netuno mostra um futebol ofensivo e bastante envolvente, e isso passa pelas mãos do técnico Jorginho. O comandante faz o time jogar pra frente e não recuar. Prova disso é a goleada contra o Rio Preto, por 4 a 0. Jorginho pode confirmar a classificação do Água Santa à próxima fase nesta quarta-feira, contra o Barretos.

Técnico líder e dupla do Água Santa comandam a Seleção FI da 16ª rodada da Série A2
Jorginho, Ivan e Raphel Toledo foram os destaques da rodada, que ainda conta com outros craques para fechar a seleção

Campinas, SP, 10 (AFI) - O término da 16ª rodada da Série A2 do Campeonato Paulista trouxe mudanças na tabela. Na parte de cima, o São Caetano empatou com o Barretos e viu o Água Santa assumir a liderança ao vencer o Rio Preto por 4 a 0. Na briga contra a degola, o Oeste venceu e colocou o XV de Piracicaba no Z6. Depois de dez jogos, o Portal Futebol Interior avaliou os melhores jogadores para montar a seleção da rodada.

Os destaques ficam por conta do goleiro Ricardo Berna, da Portuguesa, que salvou o time de uma derrota para o Guarani em Campinas, e do meia Raphael Toledo, principal jogador do Água Santa até aqui. Na vitória sobre o Rio Preto, ditou o ritmo do time e ainda deixou sua marca para carimbar mais uma boa partida.

Jorginho, técnico do Água Santa, é o responsável por comandar o esquadrão que vem montado no 4-3-3. O treinador monta o Netuno com um esquema ofensivo, e mostra que vem forte para brigar pelo acesso à elite do futebol paulista.

Confira a Seleção Futebol Interior da 16ª rodada da Série A2:

Ricardo Berna (Portuguesa);

Ivan (Água Santa), Douglas (Capivariano), Marcelo Godri (Votuporanguense) e Rafael Rosa (Taubaté);

Lídio (Oeste), Raphael Toledo (Água Santa) e Adriano Paulista (Bragantino);

Felipe Silva (Sertãozinho), Flávio Carioca (Velo Clube) e Léo Ribeiro (Juventus);

Técnico: Jorginho.

Goleiro: Ricardo Berna (Portuguesa)
Não é a primeira vez que Berna aparece na seleção, mas o goleiro está pegando tudo. No empate em 1 a 1 contra o Guarani, o camisa 1 da Portguesa fechou o gol. Buscou duas faltas cobradas no ângulo por Fumagalli, além de fazer outras três boas defesas durante a partida. Não pode fazer nada no pênalti cobrado por Fumagalli, já nos acréscimos do segundo tempo. Mas se não fosse Ricardo Berna, a Portuguesa teria voltado para a capital sem nenhum ponto.

Lateral-direito: Ivan (Água Santa)
Defensivamente, foi um dos melhores do Água Santa, que não teve trabalhos para golear o Rio Preto por 4 a 0. Chegou várias vezes ao setor ofensivo e, quando precisou, desarmou os adversários com segurança.

Zagueiro: Douglas (Capivariano)
O defensor do Leão começou a partida bastante ligado e querendo jogo. Logo aos 4 minutos, o defensor se lançou ao ataque, aproveitou um vacilo da defesa do Penapolense e abriu o placar da partida. Confiante, Douglas seguiu muito seguro durante os 90 minutos e não deixou os adversários chegarem com perigo.

Zagueiro: Marcelo Godri (Votuporanguense)
Seguro, neutralizou as jogadas ofensivas do XV de Piracicaba, que se mostrou pouco criativo durante a partida. Não deu espaço para o adversário chegar com perigo, ajudando o Votuporanguense a levar um ponto para casa.

Lateral-esquerdo: Rafael Rosa (Taubaté)
Jogando improvisado pelo lado esquerdo, o meia Rafael Rosa vem dando conta do recado. Não tem deixado espaços no setor defensivo, e mostra bastante versatilidade durante a partida, atacando bastante. Não sentiu a pressão de jogar em uma posição "desconhecida".

Volante: Lídio (Oeste)
Um dos grandes responsáveis por tirar o Oeste da zona de rebaixamento do Campeonato Paulista da Série A2, é o volante Lídio. Nesse domingo, o meio-campista foi o cão de guarda do Rubrão, na vitória por 2 a 0, sobre o Mogi Mirim. Além de não deixar os atacantes adversários chegaram com perigo ao gol de Rodolfo, Lídio abriu caminho para a vitória de seu time. Aos 22 minutos da segunda etapa, o volante aproveitou o bate rebate na área para abrir o placar.

Meia: Raphael Toledo (Água Santa)
Além de marcar um gol na fácil vitória contra o Rio Preto, por 4 a 0, Raphael Toledo foi o melhor jogador do Netuno em campo. Buscou o jogo, chegou bastante ao ataque e teve chances de marcar mais gols. É um dos homens de confiança do técnico Jorginho para ajudar o Água Santa a retornar à elite do futebol paulista.

Meia: Adriano Paulista (Bragantino)
O Massa Bruta não saiu de campo com os três pontos, mas o meia Adriano Paulista foi o melhor do time. Além de marcar o gol do empate em 1 a 1 contra o Taubaté, fora de casa, o meia não se escondeu, chamou a responsabilidade e foi o principal criador de oportunidades do Bragantino.


Atacante: Felipe Silva (Sertãozinho)
O Sertãozinho dominou todas as ações na partida contra o União Barbarense e Felipe Silva foi a referência de ataque da equipe em campo. Sempre bem posicionado, Felipe foi premiado com um gol logo no início da partida, que colocou o Touro dos Canaviais no caminho da vitória.

Atacante: Flávio Carioca (Velo Clube)
Marcou o gol salvador do Galo Vermelho aos 48 minutos do segundo tempo, garantindo a vitória por 3 a 2 contra o Batatais que tirou o Velo Clube da zona do rebaixamento. Se movimentou bastante e ainda contou com o oportunismo para fechar o placar já nos acréscimos da etapa final.

Atacante: Léo Ribeiro (Juventus)
O Juventus precisava da vitória contra o Rio Claro para manter vivo o sonho do acesso. E conseguiu aos 42 minutos do segundo tempo. Léo Ribeiro, símbolo de luta do time, avançou dentro da área e, mesmo após ser tocado, continuou de pé para marcar um belo gol com um chute certeiro no canto do goleiro adversário. O Moleque Travesso está três pontos atrás do Guarani, primeiro time do G4.

Técnico: Jorginho (Água Santa)
Líder da Série A2, o Netuno mostra um futebol ofensivo e bastante envolvente, e isso passa pelas mãos do técnico Jorginho. O comandante faz o time jogar pra frente e não recuar. Prova disso é a goleada contra o Rio Preto, por 4 a 0. Jorginho pode confirmar a classificação do Água Santa à próxima fase nesta quarta-feira, contra o Barretos.